segunda-feira, 28 de março de 2011

Submersa


Acho que preciso de chocolate. Uma barra inteira. Quem sabe uma banheira cheia dele, onde eu possa submergir, e deixar explodir a sensação de prazer numa tentativa menos intensa, mas essa sim palpável. Ou então, vou procurar algo forte, bem mais forte que tudo isso que tenho vivido. Algo que me acalme os ânimos. Ou instigue-os ainda mais.

Quem sabe é hoje que volto a beber? Sei lá, para saber o que vai mudar... Não sei, mas pode ser verdadeira a mensagem que uma mente entorpecida envia. Quem sabe mais vadia, mais relaxada, eu descubra que não tem muita razão andar nessa estrada tão arrumada, tão encaixada nas ruas da integridade, da sinceridade, da verdade.

Um comentário:

  1. O texto é bem legal e muuuuuuito gostoso! rsrsrs
    Paulo Berri

    ResponderExcluir